Rio Croa se consolida como rota turística no Juruá

As águas negras, tranquilas e misteriosas do Rio Croa, combinado a uma mata fechada, explorada apenas por nativos e alguns pesquisadores têm atraído dezenas de turistas, em sua maioria estudantes, que se encontram de férias.

Estudantes se encantam com as belezas do Croa (Foto: Cedida)
As águas negras, tranquilas e misteriosas do Rio Croa, combinado a uma mata fechada, explorada apenas por nativos e alguns pesquisadores têm atraído dezenas de turistas, em sua maioria estudantes, que se encontram de férias.
O estudante João Neto é natural de Cruzeiro do Sul, mas mora em Rio Branco há algum tempo. Todos os anos, nas férias, ele se encontra com os amigos na cidade natal, e desta vez, o Rio Croa foi o destino do grupo.

O grupo durante passeio de barco nas águas do Croa (Foto: Cedida)
“Éramos 15 pessoas, a maioria de Cruzeiro do Sul, outros dois da Bahia e do Paraná. E nós todos ficamos impressionados com o que vimos. Até mesmo colegas, que são acostumados a viajar, que conhecem vários lugares do mundo, disseram que nunca tinham visto um lugar tão lindo. É mágico, encantador!”, frisou .
O grupo passou apenas um dia no Croa, mas fez passeio de barco, trilha pela floresta, tomaram banho no rio e visitaram uma samaúma gigante, que é tida pelos nativos como mística.
“É um passeio muito barato. Fomos de carro até a ponte do Rio Croa, uns 20 km do centro de Cruzeiro do Sul, depois pagamos R$ 80 para o barqueiro nos levar. Ele ficou com a gente o dia inteiro, serviu como guia, também. Vale muito à pena conhecer, o lugar é incrível”, recomenda, João.
A secretária de Turismo, Rachel Moreira, avalia que esta procura pelo turismo no Croa é resultado de um longo trabalho desenvolvido pelos governos do Acre, que há muito tempo vem fazendo investimentos em turismo ecológico, que é o potencial do Estado.

“Esses investimentos iniciaram ainda na gestão do ex-governador Jorge Viana, quando foram traçadas as Rotas Turísticas do Acre, e o Croa estava incluído. De lá pra cá nós fizemos levantamento do potencial turístico do lugar, que é altíssimo, e desenvolvemos cursos de capacitação e de sensibilidade turística para a comunidade”, comentou.
Esses investimentos do governo já despertaram interesses de muitos moradores. Já foi construída pousada e restaurante para receber os visitantes, além dos estudantes que começam a descobrir os caminhos que levam ao Croa, muitas pessoas que bebem o chá ayahuasca procuram bastante o lugar para cultos religiosos.
Fonte: www.agencia.ac.gov.br

Brak komentarzy:

Prześlij komentarz